Receba os novos posts pelo seu e-mail

quarta-feira, 27 de julho de 2016

28. BC está como cachorro querendo morder o próprio rabo



A ata do COPOM da última quarta-feira contrasta com a pretensão do governo Temer de lançar nos próximos dias o pacote de bondades para estimular a economia. Por outro lado, o Banco Central afirma com veemência, que não há espaço para queda de juros no curto prazo. 

Em poucas palavras, podemos dizer que o Banco Central vai jogar na "retranca" até o final deste ano, pelo menos. Segundo a ata divulgada, a preocupação do Banco Central é com a inflação que não está cedendo conforme a expectativa da Instituição.

O equívoco da política econômica está colocada na matéria postada anteriormente sobre o mesmo tema.  Da maneira que expõe o Banco Central na ata do COPOM revela a falta de coerência entre o que fala e com o que faz. Esquece o Banco Central de que na taxa básica de juros Selic embute a remuneração real, de cerca de 5%, acima da inflação. Esquece ainda, que os juros reais provocam expansão da base monetária e consequentemente realimenta a inflação.

Esta situação inusitada, lembra bem a figura do cachorro querendo morder o próprio rabo. É um círculo vicioso que não acaba nunca. Ao manter a atual política monetária, vai demorar para País sair da grave crise econômica que se meteu. A crise foi plantada pelo PT nos sucessivos governos e parece não terminar com o governo do PMDB.

Apenas pela aplicação da psicologia na economia, não tira o País do estado de letargia que se encontra como quer presidente Temer. Como sempre, quem paga o pato do equívoco da política econômica é a população com um todo. Bem, o povo?  O povo que  lixe, pensam os formuladores da política econômica. Os interesses deles, dos banqueiros, estão garantidos com os juros reais, a mais alta do planeta. 

O meu pensamento está baseado na matriz liberal. Muito diferente daquele do Lula da Silva que nomeou o Henrique Meirelles para praticar a política ortodoxa do FMI. Infelizmente, o Michel Temer foi buscar para chefia da equipe econômica o mesmo Meirelles como formulador da política econômica. 

O Banco Central está como cachorro querendo morder o próprio rabo.

Ossami Sakamori

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espaço reservado para expressão de livre pensamento, desde que obedecidas as boas regras de civilidade. Não permitimos o uso de palavras incompatíveis com o propósito deste blog.